Produtos – O diferencial na venda direta faturamento de 167 bilhões!

Com faturamento em 70 países de R$ 167 bilhões e 90 milhões de pessoas envolvidas diretamente no negócio, o sistema de vendas diretas vem mantendo uma linha de crescimento contínuo em todos os continentes, nos últimos anos.

Apesar da crise que afeta especialmente a Europa e os Estados Unidos e deprime a economia mundial há quase cinco anos, o mercado mundial de vendas porta a porta expandiu-se 8,5% em 2011 e 5,4% em 2012.

A América Latina e o Brasil exibem taxas ainda mais expressivas. No ano passado, as vendas do mercado latino-americano aumentaram 10,4%.

Produtos Venda Direta

No Brasil, quarto mercado mundial, a expansão foi ainda mais expressiva, de 13%,segundo a World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA). Os dados de 2013 ainda não foram compilados, mas, segundo Alessandro Caducci, presidente da WFDSA, as perspectivas são de mais um ano de expansão.

O que explica o crescimento contínuo do sistema de vendas diretas, segundo Carlucci é o fato de oferecer produtos e serviços de qualidade e boas oportunidades de empreendedorismo. Os dois fatores juntos, explica, dão resiliência venda direta.

“A indústria de venda direta vai bem quando a economia vai bem, e vai bem também quando a economia não vai muito bem”, diz o executivo. Para ele, não passa de mito a crença de que o modelo porta a porta só prospera em situações económicas adversas, como alternativa à falta de oportunidades de emprego e renda.

Para um negócio baseado na recomendação dos produtos, a tecnologia da informação e mais do que vantajosa.

Segundo Caducai, ela fortalece as redes de vendas diretas e alavanca a força das indicações.

O crescimento do mercado mundial de vendas no ano passado foi de 8,5% em 2011 e de 5,4% em 2012. A indústria cresceu em todos os continentes. A América latina é destaque, uma região que historicamente tem crescido acima da média da indústria. A América Latina cresceu 10,4% e o Brasil, 13%, em 2012, em dólar constante.

Esta indústria oferece duas coisas, que são impactadas por períodos de crescimento maior ou menor, mas que juntas dão resiliência à venda direta. Temos resultados bons mesmo em períodos difíceis.

Ela oferece produtos e serviços de qualidade, o que é bom, mas não é suficiente. Outras indústrias também têm bons produtos. Oferecem inclusive boas oportunidades de empreendedorismo. E empreender é bom quando a economia está crescendo, porque significa que tem consumidor querendo comprar.

Empreender também é bom quando a economia não está boa, quando não há emprego formal para todo mundo. A indústria de venda direta vai bem quando a economia vai bem, e vai bem também quando a economia não vai muito bem. Existe um mito de que ela vai bem quando há pouco emprego. Isso não é verdade.

Deixe uma resposta

Como Criar Sua Loja Virtual
  • Loja Virtual Completa
  • Mais de 1200 Produtos
  • Permite Customização
  • 100% Pronta Para Vender em Apenas 1 hora
Descubra Nesse Exato Momento Como Criar Sua Loja Virtual em apenas 1 hora e conecte-se a um dos mercados que mais cresce no mundo, a Internet.
100% livre de SPAM